Examine o seu coração e aquiete-o

 Como está o seu coração? Não pense que vou falar sobre pecados do coração (Mateus 15:18,19). Muitos de nós passamos por momentos de decpção, mágoas, insultos; nos entristecemos diante das dificuldades;somos acometidos pelo cansaço emocional, pelo estresse;nos deixamos abater pela ansiedade; ficamos recentidos por tomarmos decisões precipitadas que trouxeram consequências desagradéveis, e assim vivemos com o coração sobrecarregado de ira, de injúrias, ansiedade, tristeza e angústia...O coração é a sede das emoções, das vontades, dos sentimentos e pensamentos, e ele está relacionado à alma e á mente. Como, então, aliviar o coração?
       Em Eclesiastes 11:10 nos diz o seguinte:"Afaste a injúria do seu coração, e não te deixe sentir-se mau...".Neste caso, é bom saber que "o coração alegre serve de bom remédio"(Prov 17:22).O nosso coração pode ficar doente quendo ficamos ansiosos algo que muito se retarda em acontecer se realizar, mas o anseio satisfeito é árvore de vida (Prov 13:12). O coração cheio de ansiedade, de preocupação deprime o homem, mas uma palavra bondosa o anima (Prov 12:25). A alegria do coração transparece no rosto, mas o coração angustiado deprime a alma (Prov 15:13). Por outro lado, existe pessoas que figem esterem felizes, pois mesmo no riso o coração pode sofrer, e a alegria pode terminar em tristeza (Prov 14:13). Há uma música secular, que não tenho mais o costume de ouvir, intitulada de "Sorriso Mudo", que diz mais ou menos assim: "Quem me ver assim sorridente, não sabe o que estou passando; o meu sorriso é mudo, eu devia estar chorando...".Mas também existe pessoas que manifestam estarem com o coração entristecido. Elas não vivem muito em companhia das outras ficando esoladas...não querem ouvir músicas, etc. O autor de uma outra música,que também não tenho mais o costume de escutar, manifesta estar com o coração triste por causa de um amor perdido, quando na letra da mísica ele diz: "Por mais que eu tente esquecer, por mais que eu não queira lembrar, é só me lembrar dos teus olhos começo a chorar...", e depois ele diz mais a frente:..."ligo o rádio e uma canção de amor começa a tocar...", e então ele segue com o reflão que diz:"Não posso ouvir essa música que ela me mata, são tantas lembranças que eu tenho no peito(Coração) guardadas...Não posso ouvir essa música que eu sofro tanto....". Por mais que seja simplismente uma música, algumas pessoas que estão com o coração entristecido por amor se nanifestam assim...Lendo em Provérbios 25:20, entendo que cantar perto de alguém ou para alguém com o coração entristecido é incomodar o seu espírito.
      Alguns personagens bíblicos tiveram seus momentos de aflição, de angústia e tristeza, de ansiedade, de dor e desespero no coração, mas foram pessoas que encontraram alívio no momento oportuno. Neemias esteve com o coração triste preocupado com seus parentes e amigos que ficaram em Jerusalém quando esta havia sido destruida. O patrão de Neemias, que nunca tinha visto ele assim, lhe perguntou: "Porque está triste o seu rosto visto que não estás doente?Isto é tristeza de coração."( Ne 2:2). Mas Neemias já com o coração aliviado disse que "a alegria do Senhor é a nossa força"( Ne 8:10). Isaías disse que o seu coração estava cheio de ansiedade, de preocupação (Is 21:3,4), mas superou, e já aliviado o seu coração, declarou: "O meu coração se alegra no meu Deus"(Is 61:10). Jeremias exclamou: "Que dor! Estou ferido no meu coração! O meu coração está inquieto; eu preciso desabafar!"(Jer 4:19). Às vezes precisamos desabafar sim... Jeremias foi aliviando o seu coração e mais a frente declarou:"...e a Tua Palavra encheu o meu coração de alegria e o meu coração de felicidade"(Jer 15:16). O salmista Davi disse estar com o coração partido (Salmo 69:20), com o coração ferido e sem vontade de comer (Salmo102:4), com o coração aflito (Salmo 109:22), com o coração desesperado (Salmo 143:4). Mas Davi recebeu alivio no coração e disse: "A tristeza pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer"(Salmo 30:5). No verso 11 ele declara ao autor do alivio no seu coração: "Tu, Senhor, mudastes o meu choro em risos; tirastes a minha aflição e me envolveste de alegria"(11).Uma outra pessoa que viveu tempos com o coração aflito foi Ana. Ela era estéril e andava triste por isso. Seu esposo a interrogou:"Ana, porque choras?Porque não tens vontade de comer?E porque está mal o teu coração?"(1 Samuel 1:4-8). Ana disse ser uma mulher atribulada de coração, mas disse que estava derramando sua alma diante do Senhor (1 Samuel 1:15). Passado algum tempo, Ana entoou um cântico ao Senhor dizendo:"O meu coração se alegra no meu Senhor...ando de cabeça erguida...me sinto feliz"(1 Samuel 2:2).
      E você, quer aliviar o seu coração da angústia, da aflição, dos sentimentos ruins, dos sentimentos de culpas, do estresse, e de todo o tipo de opressão?Comece a examinar o seu coração e o acalme. Além do conselho de Eclesiastes 11:10 que é afastar a injúria, a ira, ansiedade do coração, há um outro bom conselho em Provérbios 4:23, que diz:"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o seu coração, porque dele procede as fontes da vida". Guardar o coração é tomar cuidado com a mente, com o pensamento, os sentimentos e vontades, porque neles está toda a tragetória da nossa vida. Não devemos ficar abatidos pelas emoções, pelos sentimentos negativos e desnecessários...O Salmo 55:22 diz: "Entrega as tuas preocupações ao Senhor e Ele te susterá; e não deixará que você seja abalado".No Salmo 34:19 diz: "Muitas sãos as aflições do justos, mas o Senhor os livra de todas".O salmista tembém clamou ao Senhor..."Desde o fim da terra clamarei a ti, quando o meu coração estive desmaiado..."(Salmo 61:2). Ele declarou também que "O Senhor sara os quebrantados de coração..."(Salmo 147:3). Portanto,lance sobre Jesus todas as suas ansiedades, porque Ele tem cuidado de nós(1 Pedro 5:7).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar meu blog!