Jesus Fest não é louvor nem adoração à Deus



Quando aconteceu o primeiro Jesus Fest em 2005 aqui na cidade de Anchieta, não pude ir. No outro dia me contaram que estava muito bom. "Que pena! Perdi o Jesus Fest..." dizia eu com tristeza. Quando fui nos outros Jesus Fest que vieram depois, gostei. O evento, que ocorria em novembro, agora ocorre anualmente no mês de janeiro reunindo bandas, cantores e conjuntos locais e nacionais com variadas atrações culturais. Porém, a cada edição eu vinha desgostando...Hoje, não vejo o Jesus Fest como adoração e louvor!  


Desde a terceira edição do Jesus Fest que eu havia deixado de participar desse evento. Agora, em 2012 tive que ir com minha esposa, mas eu sabia que não estaríamos em culto de adoração e louvor à Deus. Na abertura, 27 de Janeiro, estaria o cantor ídolo gospel Davi Sacer, mas um problema na fase de energia, não permitiu que o Evento acontecesse...e quem se deu bem foi o Davi Sacer, que saiu com o seu alto cachê para sua glória. Porém, o que mais me revoltou, foi a divulgação mal feita desse evento: 


SEXTA (27)SÁBADO (28)
19HATITUDE 09KOINONYA TEAM
19:30HKIMILLYLWKE MICHAEL
20HMISSÃO ADORARÁGUIA LIVRE
21HDAMARESNEIDE
21:30HDAVI SACERANDRÉ VALADÃO



Destaquei o nome "Damares", porque é exatamente sobre ele que vou dizer. Quando vi a programação no site do Jesus Fest e vi que tinham colocado esse nome na programação, pensei e falei que muitos iriam pensar que era a famosa Damares que canta "Sabor de Mel". E no dia da abertura do Evento saiu no Jornal A Gazeta impresso e online, que estaria cantando Davi Sacer e Damares, sucesso em todo o Brasil. Cuja informação foi passada ao Jornal pelo coordenador do Jesus Fest. Porém, a dita Damares é uma moça da Igreja Assembleia de Deus que fica no bairro Recanto do Sol aqui em Anchieta. No Jornal ele ainda diz: "Até grupos de outros Estados, como Minas Gerais, já avisaram que marcarão presença. A expectativa é a de reunir até 30 mil pessoas em cada noite. O evento é aberto a todos, independentemente da denominação. É chegar e participar" . Fico pensando se ele não usou o nome Damares como forma de chamar a atenção e atrair mais pessoas... Perguntei a algumas pessoas na abertura do evento e elas estavam crendo que seria a famosa Damares. Um casal de Muniz Freire estava certo de que seria a famosa Damares. Querem fazer as coisas para Deus de qualquer forma...e a Bíblia ensina a fazer com ordem e decência. Usaram até de enganação na divulgação do evento.


Já no sábado o evento aconteceu...a Damares de Anchieta cantou. E muito bem! E só na hora de apresentarem a moça é que disseram que ela era de Anchieta. "Mas ela não vai cantar 'Sabor de Mel' não..." disse o coordenador. Antes disso, quando cheguei ao evento tinha uma pessoa cantando e dançando no palco que só faltava pintar o rosto para ser o Ney Matogrosso Gospel. Eu até disse que era. E olha que não foi só eu que não gostei daquela apresentação, pois várias pessoas estavam reprovando... Enfim, foram várias outras apresentações nada gospel as quais pediam para tirar o pé do chão, etc. Ainda bem que existe a força da gravidade! Pois a uma hora dessas estavam pelo espaço...No mesmo Evento, jovens "de igrejas" (são só de igrejas mesmo!) queriam até ficar, pegar, etc. Isso não acontece em cultos á Deus! E o André Valadão chamava aquilo de culto... E ainda teve aquela estratégia de exaltar o prefeito da cidade...Reconheço que o nosso prefeito têm sido muito bom para nossa cidade, mas aproveitar o evento para fazer politica não foi um atitude conveniente do coordenador.


Uma outra coisa que observei foi a idolatria e a adoração extravagante dos evangélicos. Já posso crer que os evangélicos são mais idólatras do que os não evangélicos. Jovens eufóricos gritando e assoviando diante do ídolo André Valadão e o fotografando. "Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para folgar." (I Cor 10.7). Deus procura adoradores que o adorem em espírito e em verdade (Jo 4.23,24). A Bíblia ensina a encher-vos do Espírito "falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração"( Efésios 5:19). Será que aquilo que se faz no Jesus Fest e outros eventos gospel tem hinos e cânticos espirituais? Está na cara que 99% dos que ali estão são movidos pela emoção e não pelo espiritual. E se esse tipo de adoração cheio de idolatrias, corrupção e extravagância, sensualidade e enganação for se encher do Espírito, eu reprovo. 


Deus não quer esse tipo de adoração. A adoração extravagante, cujo sinônimo é: esquisito, estrambólico (afetado, ridículo), excêntrico (Que não tem o mesmo centro), heteróclito ( Diz-se de tudo que contraria as regras da arte: construção heteróclita.Diz-se do que é excêntrico, fora do comum: amálgama heteróclito) e ridículo (Digno de riso, merecedor de escárnio ou zombaria, que se presta à exploração do lado cômico, irrisório, risível: situação insólita e mesmo ridícula.Que tem pouco valor; insignificante, irrisório: quantia ridícula). 


Esse Evento gospel não podia ser realmente um culto à Deus para atrair tanta gente. Imaginemos se não fossem chamados para cantar os cantores ídolos e nem mesmo os já bem falados aqui na cidade de Anchieta... e reunissem os de baixa estima das igrejas, e tivesse mais oração, e é claro, a genuína pregação da Palavra de Deus que leve o pecador ao verdadeiro arrependimento e se salve aceitando   verdadeiramente a Jesus, pois a explicação da Palavra de Deus dá luz e entendimento (Salmo 119.130). E já foi o tempo em que o Jesus Fest teve pregação da Palavra de Deus. Se o Jesus Fest fosse verdadeiramente um culto à Deus dava-se para contar à dedo os que estariam nesse evento. Afinal, querem pregar e cantar para massagear o ego das pessoas, querem falar o que as pessoas querem ouvir e não o que precisam ouvir. O que tem prevalecido nesses últimos tempos é um evangelho antropocêntrico e não cristocêntrico. De que adianta fazer esses eventos todo ano - o Jesus Fest já é a sétima edição - e continuar tendo em nossas igrejas e em nossa cidade imoralidades sexuais, viciados em drogas, idolatria, pessoas morrendo sem salvação...E cantores ídolos tem sido como uma pragana nas igrejas, etc. 


"Odeio, desprezo as vossas festas, e as vossas assembleias solenes não me exalarão bom cheiro...Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias dos teus instrumentos de cordas." (Amós 5:21, 23). Se Deus desprezou coisas assim no passado e pediu que afastasse dele essas melodias, deve sentir vergonha disso que acontece hoje nos eventos e igrejas...


Finalizando, quero pensar no seguinte: Se o objetivo do Jesus Fest é conscientizar o público da importância de desfrutar a vida sem o uso de drogas em geral, contribuindo para a diminuição de prostituição, criminalidade, pedofilia e qualquer tipo de violência, porque continuamos vendo imoralidades sexuais praticadas até mesmo por jovens das igrejas, uso de drogas e álcool, violência familiar, etc?  Paremos de massagear o ego das pessoas, falando o que elas querem ouvir e falemos o que elas precisam ouvir!Jesus não passava a mão na cabeça de seus ouvintes...."Duro é esse discurso,quem pode ouvir!"  Preguem a Palavra de Deus genuinamente com autoridade! Pois nesse eventos dizem que estão na presença de Deus e dá vontade de pular, de gritar, de correr, etc. Só não da vontade de ouvir a Palavra de Deus! Que vivam a Palavra de Deus de verdade! Façam as coisas corretas diante dos homens...Vamos dar um bom testemunho e assim ganhemos outros que estão se perdendo. Pois tem até jovem membro de igreja se perdendo aqui em Anchieta no alcoolismo. Portanto, pulemos menos, gritemos menos, dancemos menos, e vivamos a cada dia na Palavra de Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar meu blog!