Amar Sem Fingimento


Você já deve ter visto alguém fingir uma fala, um acontecimento, uma dor; nos filmes e novelas tudo não passa de encenação, de coisas inventadas...porém, de uma forma bem feita que parece ser real.Mas há muitas pessoas que são verdadeiros artistas quando fingem o amor...E a Bíblia tem um conselho para tais pessoas: “Que o amor de vocês não seja fingindo...”(Romanos 12:9).
      O amor é um dom supremo que Deus nos deu,que vem de dentro,ou seja,do intimo do nosso coração;é racional,pois vem de nossa capacidade de pensar,querer e decidir.Deus criou o amor, e muitos de nós,por não sabermos usá-lo,fingimos tê-lo nas amizades,no relacionamento com o cônjuge,na comunhão cristã,na vida familiar,no trabalho,e etc.Há um cântico que me faz refletir o quanto se finge o amor entre uns e outros...O cântico é intitulado de “Corpo e Família”,e diz:“...Somos corpo e assim bem ajustados,totalmente ligados, unidos, vivendo em amor,uma família sem qualquer falsidade...” Será que realmente é assim??
Há alguns sentimentos que classificamos como amor...Quero citar aqui dois tipos de sentimentos classificados de amor.
- O primeiro é FILOS: Amor fraterno - entre amigos,vizinhos;pela comunidade,pela pátria...Segue-se alguns conselhos bíblicos:Em Romanos 12:10 lemos: “Amai cordialmente uns aos outros com um amor fraternal,em especial com respeito uns aos outros”.Um outro conselho é: “...tenham sincero amor um com os outros,porque o amor faz perdoar falhas” (I Pedro 4:8).Quem ama não faz mal ao seu semelhante (Romanos 13:10).Amar sempre o amigo te tornará um irmão do mesmo quando este estiver em dias tristes (Provérbios 17:17).
- O segundo é EROS: Amor sexual-atração física pela pessoa do sexo oposto (paixão). É um sentimento que tem sido mascarado por muitos cônjuges. Neste aspecto tanto o sexo feminino quanto o masculino pode estar fingindo amar...No amor sexual entendo, pela Bíblia, que tanto o homem como a mulher deve dar prazer um ao outro (I Coríntios 7:3).O conselho a ser seguido é: “Vós maridos amem as vossas mulheres e não se irritem contra elas”(Colossenses 3:19).Na vida amorosa com sua esposa o marido deve reconhecer que a mulher é do sexo mais frágil e por isso deve ser tratada com respeito (I Pedro 3:7).A mulher porém, por amar o marido tem dele a confiança e por todos os dias ela só lhe faz o bem (Provérbios 31:11,12).O amor sexual não pode ser também fingido. Há quem diga senti-lo somente por uma pessoa. Foi o que aconteceu com a mulher imoral relatada em Provérbios 7:7-20. Na ausência de seu esposo ela sentia atração sexual por outros e desejava saciar-se de amores e sentir prazer com isso.(v. 18).E o homem deve sentir prazer com a sua mulher e somente ser atraído pelo seu amor continuamente (Provérbios 5:18,19).O Senhor é testemunha entre o amor do casal e deseja que este amor seja sincero (Malaquias 2:14,15).
      Como tem sido o seu amor ? Reflita na primeira citação bíblica inicial: “Que o amor de vocês não seja fingido...”O amor deve ser sincero pois é uma coisa que Deus colocou em nosso intimo. Na vida de comunhão, nas amizades,etc,não finja o amor...Na vida conjugal procure não mascarar o amor dizendo “eu te amo” somente.Se você diz que ama,mas não é paciente e bom;se tem ciume exagerado,se é orgulhoso,cheio de vaidades,grosseiro,egoísta,se irrita e guarda mágoas;se você sente prazer nas coisas erradas e não no que é certo,se você desiste fácil e não suporta com fé,esperança e paciência,você está fingindo o amor,pois o amor não tem dessas coisas.(I Corintios 13:4-7). Ame sem fingimento!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar meu blog!