Movimento gay capixaba contra vereador transexual apoiado por Magno Malta

Movimento gay capixaba contra vereador transexual de Nova Venécia



O Fórum Estadual em Defesa dos Direitos e Cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais do Estado do Espírito Santo divulgou nota nesta terça-feira repudiando as supostas declarações do vereador transexual Moacy Sélia, o Moa (PR), sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O fórum, que congrega dezenas de Entidades formais e informais que defendem os direitos humanos e cidadania de pessoas LGBT de diversas partes de nosso Brasil, “vem a público veementemente manifestar seu repúdio as declarações contraditórias, homofóbicas e descabidas da vereadora”.

Segundo a nota, Moa fez um desserviço a sua própria comunidade. “Eleita para defender e trabalhar em prol do povo, independente de cor, etnia, gênero, orientação sexual, religião, filosofia ou qualquer outra diversidade ao ser humano pertinente, a Vereadora deveria se portar com mais respeito as famílias homoafetivas e se afinar com a jurisprudência já confirmada pelo poder Judiciário e com sua própria trajetória de vida”

De acordo com os líderes do movimento gay, as declarações de Moa são incompatíveis com o estilo de vida social que a mesma organiza para seu comportamento pessoal. “Suas declarações demonstram falta de habilidade, despreparo e sinaliza fortemente para interesses que nada tem haver com ética e moral”.

Procurado para comentar o assunto, Moa afirmou que suas declarações foram mal interpretadas. Segundo ela, a polêmica foi causada após declarar que participaria de uma manifestação de evangélicos em Brasília contra casamento entre pessoas do mesmo sexo.

“Vivo uma luta constante contra o preconceito. Como vou discriminar os evangélicos? Como vou lutar pela discriminação se vou discriminar a pessoa pela escolha da sua religião”, disse.

Moa disse que em nenhum momento foi procurada pelo movimento gay para esclarecer a polêmica e garantiu que não é contrária à união homoafetiva. “Tivemos o reconhecimento dos nossos direitos pelo Supremo. Quero casar com um hétero independente da possibilidade de mudança de sexo. Minha personalidade é feminina e quero ser respeitada assim”.

Fonte: Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Agora vejam a "jogada de mestre" do Magno Malta...que poderá ser usada na campanha para candidato a governo do ES... Vai que cola!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar meu blog!